quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Cuco

Da sala de estar da casa da vovó, eu escuto. Eu escuto o pêndulo do relógio.
De um lado para o outro.
Tic-tac; tic-tac; tic-tac...
Um relógio antigo, marcando o tempo de mais de três gerações. E me pergunto: Quantos atrasos ele já deve ter marcado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário